Governo dos EUA espera terminar muro na fronteira com o México em 2 anos

Em Washington

  • Evan Vucci/AP Photo

    Donald Trump e seu secretário de Segurança Nacional (DHS), o general John Kelly

    Donald Trump e seu secretário de Segurança Nacional (DHS), o general John Kelly

O governo dos Estados Unidos espera ter terminado o polêmico muro fronteiriço com o México em um prazo de dois anos, segundo afirmou o secretário de Segurança Nacional (DHS), o general John Kelly, em uma entrevista à emissora "Fox".

"O muro será construído onde se necessite primeiro, e depois o completaremos. (...) Realmente espero tê-lo todo feito nos próximos dois anos", disse Kelly na primeira entrevista desde que assumiu o cargo em 20 de janeiro, que teve notável repercussão nesta quinta-feira após ser transmitida na noite de ontem.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na semana passada uma ordem executiva para iniciar em "meses" a construção do muro na fronteira, uma obra que, em sua opinião, acabará com a imigração ilegal e o narcotráfico.

O tema da construção do muro e a insistência de Trump em que será o México, de uma forma ou outra, que pagará seu custo gerou uma grande crise com o país vizinho, cujo presidente, Enrique Peña Nieto, cancelou a viagem que tinha previsto a Washington para esta semana.

"Estamos examinando o tema do dinheiro", garantiu Kelly, que disse ser otimista sobre esse aspecto e considerou que "o financiamento chegará com relativa rapidez".

A Casa Branca está trabalhando com a liderança republicana do Congresso para aprovar uma verba de despesa adicional destinada a financiar a construção do muro nos quase 2.000 quilômetros que ainda restam para serem valados e também para que autorize os trabalhos para iniciar as obras.

Kelly visitou nesta quarta-feira a fronteira com o México para estudar a construção do muro, uma das promessas mais importantes que Trump fez durante sua campanha presidencial.

O secretário se reuniu na cidade de Weslaco (Texas), a cerca de 15 quilômetros da fronteira, com o governador do Texas, o republicano Greg Abbott, e também recebeu os últimos relatórios das operações realizadas na região texana do Vale do Rio Grande, um dos principais pontos de cruzamento.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos