Premiê húngaro espera melhora nas relações entre Rússia e UE

Budapeste/Moscou, 2 fev (EFE).- O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, disse nesta quinta-feira esperar por uma pronta melhora nas relações entre a União Europeia (UE) e Rússia, apesar da política "anti-russa" do bloco europeu, depois de se reunir com o presidente Vladimir Putin.

"Esperamos ser testemunhas em breve de novas e boas relações entre Rússia e UE. Na região ocidental do continente europeu está muito na moda a política anti-russa", disse Orbán em entrevista coletiva na capital húngara.

O primeiro-ministro destacou que, devido a essa "política anti-russa", ambos os países tiveram que "proteger seus laços comerciais", o que não impediu a queda nos intercâmbios em US$ 6,5 bilhões.

Sem mencionar as sanções econômicas contra a Rússia pela anexação da Crimeia e a ingerência na Ucrânia, Orbán afirmou que os problemas políticos "não podem ser solucionados com medidas econômicas".

"Não se deve levar outros conflitos ao campo da economia, já que isso unicamente causa perdas", insistiu.

Além disso, Orbán anunciou o acordo para prorrogar o fornecimento de gás russo à Hungria até 2021 e adiantou que ambas as partes abrirão negociações para assinar um novo contrato assim que o atual expirar.

O chefe de Estado húngaro anunciou que Budapeste tem a intenção de avançar em 2018 para concluir a construção, com ajuda russa, da usina nuclear de Paks, bloqueada pela Comissão Europeia.

Por sua vez, Putin afirmou que a Hungria é um "importante e confiável parceiro" da Rússia, mas que não quer politizar a cooperação econômica, comercial e energética com Budapeste.

Quanto à central nuclear de Paks, lembrou que é um projeto estimado em US$ 12 bilhões e que a Rússia está disposta a financiar 80%.

Além disso, Putin disse ter conversado com Orbán sobre a situação na Ucrânia e o conflito sírio, cuja solução se mostrou convencido de que dará fim à crise migratória na Europa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos