Repórteres Sem Fronteiras manifesta preocupação com postura de Trump

Cidade do México, 2 fev (EFE).- A ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) manifestou preocupação nesta quinta-feira com as mensagens publicadas nas redes sociais pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra jornalistas.

"Lamentamos esta situação. Os primeiros passos de Trump dão um exemplo muito ruim para países democráticos do mundo inteiro", lamentou o secretário-geral da organização, Christophe Deloire, na Cidade do México.

O representante da RSF classificou como "preocupante" a situação dos veículos e jornalistas dos Estados Unidos, país que está atualmente na 45ª colocação na classificação mundial da liberdade de imprensa.

Sobre Trump, Deloire fez críticas diretas, por acusar a imprensa de "desonesta", por várias vezes, em tuítes.

Além disso, o representante da organização apontou que o perigo pela situação se estende para outras regiões do mundo, como, por exemplo, na Turquia. "Quem lutará agora pelos jornalistas turcos", disse.

O diretor do escritório na América Latina da RSF, Emmanuel Colombié, por sua vez, apontou que a organização está acompanhando casos de jornalistas mexicanos que pretendiam deixar o país por estarem ameaçados, por retaliação ao trabalho que executam.

"A primeira opção era ir para os EUA, mas agora, com a política do senhor Trump, será mais complicado. Se exilar em um país onde mexicanos não são bem-vindos, parece complicado", explicou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos