Agressor ferido a tiros por militares no Louvre é submetido a cirurgia

Paris, 3 fev (EFE).- O indivíduo que foi gravemente ferido por tiros de militares franceses após atacar um soldado no Museu do Louvre nesta sexta-feira está sendo operado, informaram fontes oficiais à emissora "BFMTV".

O homem, que ainda não teve identidade e nacionalidade descobertos por estar sem documentação, foi levado ao hospital Georges Pompidou da capital francesa em meio a um grande esquema de segurança. Todas as entradas do centro médico estão protegidas por agentes.

O soldado atacado sofreu ferimentos leves na cabeça causados pela faca do agressor e se encontra no hospital militar de Percy, na cidade de Clamart.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos