Fillon diz que se manterá firme na disputa presidencial apesar de escândalo

Paris, 3 fev (EFE).- O ex-primeiro-ministro e candidato conservador à presidência da França, François Fillon, afirmou nesta sexta-feira que entende a dimensão da polêmica envolvendo sua esposa, que teriam sido contratados por ele como assistente parlamentar sem trabalhar, mas garantiu que se manterá firme na disputa das eleições de abril e maio.

Em um vídeo divulgado pelo Facebook, Fillon disse que está "perfeitamente ciente" de que as acusações causam perturbação, mas afirmou que "as mentiras, embora repetidas cem vezes, nunca chegam a constituir meias verdades".

O ex-primeiro-ministro disse aos eleitores que entende a pressão que eles estão sentindo e apontou que os ataques dos opositores são mais do que pessoais. O alvo seria o projeto apoiado pelo partido Os Republicanos e os valores que a legenda defende.

"Querem roubar nossa vitória. Não uma vitória nossa, mas da França, porque temos o único projeto capaz de erguer nosso país. Entre os utopistas e os extremistas, só há nós", indicou.

Fillon disse se manterá firme e que brigará com todas as forças contra um sistema que quer obrigá-lo a "baixar a cabeça" e contra uma esquerda que quer deixá-lo abatido.

"O sistema não conseguiu nos parar no passado. Resistiremos de novo hoje e amanhã. Essa campanha não é o combate de um homem nem de um partido, mas o de um país. Vamos atravessar juntos esse desafio e prometo que, juntos, caminharemos rumo à vitória", concluiu.

Fillon está no centro das atenções desde o dia 25 de janeiro, quando o semanário "Le Canard Enchaîné" denunciou que ele teria empregado a esposa, Penelope Fillon, como assistente parlamentar sem que ela exercesse o cargo de fato. Sem trabalhar, a mulher do ex-primeiro-ministro teria levado 900 mil euros dos cofres públicos.

A investigação se ampliou nesta semana, após nova revelação do "Le Canard Enchaîné". Segundo o semanário, Fillon, quando era senador, empregou seus dois filhos como assistentes sem que eles tivessem se formado como advogados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos