Fortes nevascas deixam pelo menos 28 mortos no Afeganistão

Cabul, 4 fev (EFE).- Pelo menos 28 pessoas morreram em diferentes partes do Afeganistão pela forte nevasca que atinge a região há 48 horas, e que além disso causou interrupções em estradas, o que dificulta o trabalho de resgate, informaram neste sábado fontes oficiais.

O porta-voz do Ministério afegão de Desastres Naturais, Omer Mohammadi, disse à Agência Efe que as fortes nevascas no centro e no norte do país causaram a morte de 28 pessoas nos dois últimos dias.

Mohammadi afirmou que, além disso, 30 casas foram destruídas, mas não ofereceu mais detalhes das zonas afetadas e da situação atual.

O chefe do departamento de desastres da província nordeste de Badakhshan, Sayed Abdullah Hamayoun Dehqan, indicou em comunicado que 20 pessoas morreram nessa região devido às avalanches.

As nevascas bloquearam estradas em 12 das 34 províncias do país, o que dificulta os trabalhos de resgate, segundo uma nota da Autoridade de Gestão de Desastres citada pela rede de televisão "Tolo".

No ano passado, um dos piores temporais de neve em 30 anos no país causou a morte de pelo menos 245 pessoas e deixou 66 feridas.

O Afeganistão sofre com frequência desastres naturais que provocam várias perdas humanas, como os corrimentos de terra que causaram a morte de 2 mil pessoas em maio de 2014 no nordeste do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos