Homem arranca com mordida cabeça do cachorro de sua mulher em Porto Rico

San Juan, 5 fev (EFE).- Um homem de 40 anos da cidade porto-riquenha de Lares, no centro-oeste da ilha, foi preso depois de ter sido acusado de agredir sua mulher e arrancar a cabeça do cachorro desta.

O incidente, segundo informou neste domingo a polícia, ocorreu durante a madrugada de sábado no bairro Piletas Arce onde o homem vivia com sua mulher de 38 anos há seis meses.

De acordo com o relatório policial preliminar, o agressor, identificado como Luis A. Arroyo, começou a socar sua mulher e, em seguida, pegou ao cachorro, um chihuahua que pertencia à mulher, e lhe arrancou a cabeça com uma mordida.

Arroyo, que está desempregado, foi acusado de violar a Lei 54 de Violência Doméstica e a Lei 154 por maus-tratos de animais e lhe foi imposta pela justiça local uma fiança de US$ 400.000.

Devido à impossibilidade de poder pagar a fiança, o agressor foi levado para a prisão de Las Cucharas (Ponce).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos