Kuczynski afirma que vínculo de Toledo com caso Odebrecht "é traição" ao Peru

Bogotá, 5 fev (EFE).- O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, afirmou neste domingo que o caso do ex-presidente Alejandro Toledo (2001-2006), acusado de ter recebido milionários subornos para favorecer à Odebrecht, "é uma traição ao povo peruano".

"Muito doído por estas notícias do ex-presidente Toledo, é uma traição ao povo peruano e é uma traição a seus colegas que se esforçaram tanto", disse o chefe de Estado em uma entrevista à emissora "W Radio" da Colômbia.

Segundo o presidente Kuczynski, "(Toledo) deve colocar-se à disposição e retornar ao Peru e responder o que a procuradoria lhe vai perguntar".

A procuradoria do Peru efetuou buscas ontem na casa de Toledo à procura de documentação vinculada às informações que o acusam de ter recebido US$ 20 milhões para favorecer negócios da Odebrecht, segundo veículos de comunicação locais.

Na entrevista, Kuczynski negou ter conhecimento ou ter participado de alguma situação que vincule ele ou seu governo com os escândalos da construtora brasileira.

"Se tivéssemos percebido qualquer coisa, não teríamos estado no governo. Isso foram coisas que aparentemente (...) foram negociadas fora do Peru, no Rio de Janeiro. Certamente eu não estive ali e, se tivesse sabido dessas reuniões, teria renunciado imediatamente", disse taxativamente.

O atual presidente peruano foi chefe do Gabinete Ministerial e titular do Ministério da Economia e Finanças durante o governo de Toledo.

Além disso, Kuczynski disse que a Odebrecht construiria o Gasoduto do Sul, mas que perante a situação o governo fará uma nova licitação e o reestruturará.

O projeto Gasoduto Sul Peruano contempla um investimento de US$ 7,32 bilhões para construir, operar e manter um sistema de transporte de gás natural ao longo de mais de 1.080 quilômetros, desde a jazida Camisea, nos Andes do sul do Peru, até o porto de Ilo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos