Polícia turca detém 450 pessoas por supostos vínculos com Estado Islâmico

Ancara, 5 fev (EFE).- A polícia da Turquia deteve neste domingo, em uma grande operação em 18 províncias, 450 pessoas por supostos vínculos com o grupo terrorista Estado Islâmico (EI), pouco mais de um mês depois do atentado cometido por um jihadista em uma boate de Istambul que deixou 39 mortos.

Os detidos são em sua maioria estrangeiros, informou a agência de notícias "Anadolu", e alguns deles estavam planejando atentados.

Os suspeitos foram detidos em operações nas duas principais cidades do país, Istambul e Ancara, e em 16 províncias da Turquia.

A "Anadolu" destacou que foram apreendidos vários materiais, que serão avaliados pelos investigadores.

Na província sulina de Sanliurfa, na fronteira com a Síria, comandos antiterroristas efetuaram operações simultâneas em vários domicílios e detiveram cerca de 100 cidadãos sírios suspeitos de pertencer ao EI.

Na cidade de Ancara foram presos 60 suspeitos, 18 em Istambul, 47 em Bursa (oeste), 25 em Adana (sul), 38 em Hatay (sul) e 37 em Konya (centro sul), entre outros lugares.

Com as nove pessoas detidas na província de Esmirna, no litoral do Egeu, foram apreendidos um fuzil, uma pistola e material que aponta que estavam finalizando o planejamento de um ataque.

O EI se responsabilizou pelo ataque contra uma boate em Istambul na noite do Ano Novo, que causou a morte de 39 pessoas.

A polícia deteve no último dia 16 de janeiro o suposto terrorista, o uzbeque Abdulkadir Masharipov, depois de mais de duas semanas de buscas, e as autoridades dizem que confessou ser o autor do atentado.

Esta é a maior batida contra o EI na Turquia desde o atentado do Ano Novo.

A Turquia sofreu nos últimos 18 meses uma onda de ataques do EI e do grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) que deixaram centenas de mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos