Abe fará visita aos EUA nesta semana para se reunir com Trump

Tóquio, 7 fev (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, realizará uma visita de cinco dias aos Estados Unidos a partir da próxima quinta-feira, durante a qual manterá vários encontros com o presidente deste país, Donald Trump, anunciou nesta terça-feira o governo do Japão.

Abe e Trump devem se reunir na sexta-feira em Washington, na primeira cúpula desde que o líder republicano assumiu o cargo em 20 de janeiro, e posteriormente o líder japonês se deslocará à residência pessoal do presidente americano na Flórida.

O objetivo da viagem é "manter uma franca troca de opiniões" e "mostrar ao mundo que a aliança Japão-Estados Unidos é indissolúvel", afirmou hoje em entrevista coletiva o ministro porta-voz do Executivo, Yoshihide Suga.

O porta-voz acrescentou que a visita à propriedade privada de Trump em Palm Beach (Flórida) está destinada a "aprofundar a relação pessoal e de confiança" entre ambos líderes.

Espera-se que as conversas se centrem nas relações comerciais bilaterais e no pacto de defesa, entre outros temas, depois que Trump decidiu retirar os EUA do acordo Transpacífico de Associação Econômica e criticou o alto custo que representa para Washington o desdobramento de suas tropas no Japão.

Além disso, o magnata nova-iorquino acusou Tóquio de intervir nos mercados de divisas para desvalorizar o iene, e ameaçou impor tarifas punitivas às empresas automobilísticas japonesas, declarações que suscitaram inquietação no país asiático.

Junto a Abe, está previsto que viajem aos EUA o ministro japonês de Finanças, Taro Aso; o ministro das Relações Exteriores, Fumio Kishida, e o de Economia, Comércio e Indústria, Hiroshige Seko.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos