Bombardeios da coalizão árabe matam dezenas de rebeldes houthis no Iêmen

Sana, 8 fev (EFE).- Dezenas de rebeldes houthis morreram em bombardeios realizados pela aviação da coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita na cidade iemenita de Al Moja, no Mar Vermelho, nas últimas 48 horas, informou nesta quarta-feira à Agência Efe uma fonte militar, que não ofereceu mais detalhes sobre o número exato de vítimas.

Estes ataques aéreos em apoio das forças governamentais - reconhecidas internacionalmente - contra os rebeldes houthis culminaram com o domínio "total" da cidade litorânea e de seu porto no Mar Vermelho, segundo a fonte.

Além disso, esclareceu que "os focos de resistência" se encontravam ao norte e ao leste da cidade e acrescentou que participaram dos bombardeios "aviões da coalizão árabe e helicópteros Apache" com o objetivo de "acabar com esses focos de resistência dos rebeldes".

O exército leal ao presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, anunciou no último dia 23 de janeiro que tinha arrebatado esta cidade dos rebeldes houthis após vários dias de combates.

A coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita começou sua intervenção no Iêmen em março de 2015 para apoiar o presidente Hadi. EFE

ja/rsd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos