Kuczynski espera que Toledo retorne ao Peru para responder por acusações

Lima, 8 fev (EFE).- O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, declarou nesta quarta-feira que confia que o ex-mandatário Alejandro Toledo, denunciado por receber uma milionária propina da Odebrecht, retornará ao país e responderá à procuradoria pelas acusações feitas contra ele.

Ao ser abordado pela imprensa local, Kuczynski disse que o processo por lavagem de ativos e tráfico de influência contra Toledo, assim como o pedido para sua detenção, "tem que ser explicado pela procuradoria, há um procedimento legal".

"Eu espero que ele venha e responda à procuradoria pelas acusações", acrescentou em entrevista à imprensa, após participar da inauguração do túnel Chacahuaro 2 na estrada Central.

No fim de semana passado, o chefe de Estado declarou à emissora colombiana "W Rádio" que estava "muito doído por estas notícias do ex-presidente Alejandro Toledo", de quem foi primeiro-ministro e titular de Economia durante sua gestão entre 2001 e 2006.

"É uma traição ao povo peruano e uma traição a seus colegas que se esforçaram tanto", ressaltou nessa entrevista.

No entanto, hoje evitou os adjetivos e, ao ser consultado sobre a advertência de Elianne Karp, esposa de Toledo, que não a faça falar porque ela sabe o que fez, Kuczynski respondeu que não sabe a que se refere.

O juiz Richard Concepción Carhuancho avaliará amanhã o pedido de detenção preventiva por 18 meses contra Toledo por lavagem de ativos e tráfico de influência, por conta da propina de US$ 20 milhões que um ex-diretor da Odebrecht afirma que lhe pagou para ganhar a licitação da construção dos trechos 2 e 3 da estrada interoceânica.

Por sua vez, seu advogado Paolo Aldea declarou à imprensa que recorrerá à prescrição da acusação de tráfico de influência porque, segundo as denúncias, o crime teria sido cometido em 2004 e já se completou o prazo de 8 anos para que fique prescrito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos