TRE-RJ cassa mandato do governador do RJ, Luiz Fernando Pezão; cabe recurso

Rio de Janeiro, 8 fev (EFE).- O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) cassou nesta quarta-feira o mandato do governador do estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB) e do vice-governador, Francisco Dornelles (PP), por "abuso de poder econômico e político", mas ambos continuarão no cargo até que a decisão seja ratificada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde cabe recurso.

A decisão foi tomada pelos magistrados por 3 votos a 2. Caso o recurso seja indeferido, Pezão e Dornelles ficarão impossibilitados de disputar eleições por oito anos.

"Por maioria dos votos, o abuso de poder econômico e político ficou configurado uma vez que o Governo do Estado do Rio de Janeiro concedeu benefícios financeiros a empresas como contrapartida a posteriores doações para a campanha do então candidato Pezão e de seu vice", disse a Corte em comunicado.

Em seu voto, o desembargador eleitoral Marco Couto ressaltou que foi "comprovado que contratos administrativos milionários foram celebrados em troca de doação de campanha".

Além disso, o TRE-RJ determinou que "sejam realizadas eleições diretas para a escolha dos representantes do Poder Executivo estadual".

Pezão e Dornelles anunciaram também por meio de nota que vão recorrer ao TSE, que dará a última palavra sobre o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos