Arábia Saudita liberta ativista que publicou imagem de Natal no Twitter

Cairo, 9 fev (EFE).- As autoridades da Arábia Saudita puseram em liberdade o defensor de direitos humanos Ahmed al Mushikhs, detido há um mês após publicar uma imagem do nascimento de Cristo, mas manteve na prisão outro ativista, informou nesta quinta-feira o Centro do Golfo para os Direitos Humanos (GCHR, na sigla em inglês).

Mushikhs, advogado e fundador do Centro de Direitos Humanos Al Adalah, foi colocado em liberdade após pagamento de fiança no último dia 1º, após ter passado quase um mês detido sem acusações na prisão de Al Qatif, segundo um comunicado do GCHR.

Esta ONG advertiu que o advogado poderia ser julgado no futuro, pois outros ativistas foram processados em anos anteriores após terem sido detidos e libertados em uma situação similar.

O GCHR não detalhou se a detenção de Mushikhs está relacionada com seu trabalho como advogado de ativistas de direitos humanos ou se é porque o mesmo publicou no Twitter no dia 25 de dezembro uma imagem do nascimento de Cristo.

A Arábia Saudita segue uma das mais estritas visões do islã - o wahhabismo - e, por isso, estão proibidas no país manifestações públicas de cultos não islâmicos.

Outro ativista que foi detido no início de janeiro, Essam Koshak, que costumava criticar a situação de direitos humanos em seu país através das redes sociais, continua preso na prisão geral de Meca, segundo a ONG.

As autoridades não apresentaram acusações contra Koshak e, durante os interrogatórios, ele foi questionado sobre seus comentários no Twitter, segundo o GCHR.

A ONG pediu a libertação imediata de Koshak e exigiu o fim de "todo tipo de assédio" contra os dois ativistas, a fim de garantir que ambos possam exercer seu direito à liberdade de expressão.

Além disso, o GCHR reivindicou que o governo saudita garanta a todos os ativistas a realização de suas atividades legítimas "sem temor a represálias e livres de restrições, incluindo o assédio judicial".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos