Exército sírio e rebeldes apoiados por Turquia batalham em Al Bab

Beirute, 9 fev (EFE).- Combates entre as forças governamentais sírias e grupos rebeldes sírios, apoiados por forças turcas, se desencadearam nesta quinta-feira a sudoeste da cidade de Al Bab, reduto da organização terrorista Estado Islâmico (EI) na província de Aleppo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG destacou que são os primeiros confrontos deste tipo registrados entre ambas as partes.

Os confrontos acontecem nas áreas de Abu Zibdin e Al Guz, a sudoeste de Al Bab.

Tanto os insurgentes sírios, apoiados por aviões e carros de combate turcos, como os soldados governamentais sírios, que contam com o apoio do grupo xiita libanês Hezbollah e de brigadas mecanizadas russas, avançaram nas últimas horas pela periferia de Al Bab.

As forças leais ao governo de Damasco tomaram hoje os povoados de Dirqaq e Al Shamauia, ao sul de Al Bab, depois de conseguirem se aproximar entre 2,5 e 3 quilômetros do reduto do EI.

Os rebeldes sírios e as forças turcas que participam da ofensiva Escudo do Eufrates contra os jihadistas e as milícias curdas em Aleppo progrediram nos últimos dois dias pelo arredor ocidental de Al Bab.

As Forças Armadas da Turquia asseguraram hoje que um avião de combate russo matou três soldados turcos e feriu outros 11 em um bombardeio esta manhã no norte da Síria, informou a rede de televisão "CNNTÜRK".

Segundo o canal, o caça atacou "por erro" um prédio no qual estavam os soldados.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, expressou a seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, suas condolências pela morte dos soldados turcos nesse bombardeio russo na Síria.

Pouco antes, o Estado-Maior do Exército russo reconheceu que militares turcos morreram em um ataque da aviação russa "não proposital" no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos