Incêndio afeta mina chilena com trabalhadores em greve

Santiago (Chile), 10 fev (EFE).- Pelo menos oito pessoas ficaram feridas em um incêndio que afetou as dependências da mina chilena La Escondida durante a madrugada desta sexta-feira, no meio da greve legal iniciada na quinta-feira por 2.500 trabalhadores, informaram fontes da Polícia e imprensa da região.

Segundo informou a "Radio Cooperativa", o fogo começou por volta das 3h (horário local, 4h em Brasília) no segundo andar de um pavilhão no qual estavam funcionários terceirizados que não são parte do sindicato que paralisou a mina, situada a 170 quilômetros da cidade de Antofagasta e a cerca de 1.500 ao norte de Santiago.

Até agora as causas do fogo estão sendo investigadas, cuja intensidade fez com que alguns trabalhadores se jogassem dos andares superiores do prédio para escapar das chamas, informou por sua vez a "TV Antofagasta".

Os funcionários sofreram ferimentos em diversas partes do corpo e intoxicações por fumaça, mas não estão em risco de vida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos