Justiça francesa ordena nova perícia sobre acidente de 2009 em voo Rio-Paris

Paris, 10 fev (EFE).- A justiça francesa ordenou uma nova perícia sobre o acidente do avião da Air France 447 que decolou no Rio de Janeiro com destino a Paris e caiu em 2009 no Oceano Atlântico com 228 passageiros e membros da tripulação a bordo.

Os juízes ordenaram no início deste mês um novo relatório para continuar as investigações sobre essa tragédia aérea, informou nesta sexta-feira a emissora "France Info".

Uma primeira perícia realizada na França em 2012 concluiu que uma série de fatores levaram à queda do avião, como a meteorologia, erros humanos e falhas técnicas, principalmente nas sondas que serviam para medir a velocidade do aparelho.

Em 2014, um primeiro parecer contrário solicitado pela Airbus, consórcio aeronáutico e de defesa europeu que fabricou a aeronave, acusava os pilotos do avião, e foi cancelado pela justiça em 2015 por razões administrativas.

A Air France e a associação de vítimas do acidente criticaram esse relatório, tanto por razões de conteúdo como de forma.

Os três especialistas encarregados da nova perícia devem entregar as primeiras conclusões provisórias deste terceiro relatório sobre o caso no próximo dia 3 de setembro, indicou a procuradoria.

As famílias esperam que em breve aconteça o julgamento, no qual Airbus e Air France são acusadas de homicídio culposo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos