PP realiza congresso, reforçado pela liderança do presidente Rajoy

Madri, 10 fev (EFE).- O Partido Popular (PP) espanhol inaugura nesta sexta-feira em Madri seu 18º Congresso em um clima de unidade, reforçado pela liderança de seu líder e presidente do Governo, o conservador Mariano Rajoy.

O PP inicia as sessões de seu principal órgão de direção estando no governo e sem fissuras internas, o que faz prever um congresso bem-sucedido no qual a única dúvida aparente é a composição da equipe que acompanhará Rajoy à frente do partido durante os próximos anos.

Até a última hora, os populares estavam tentando eliminar arestas e fechar algum tipo de acordo sobre um tema pedregoso que têm pendente: o debate sobre a acumulação de cargos.

Este assunto afeta, sobretudo, a "número dois" de Rajoy no partido, María Dolores de Cospedal, secretária-geral do PP, presidente do partido na região de Castela-La Mancha (centro do país) e ministra da Defesa no governo da Espanha.

As fontes consultadas pela Efe concordam em assinalar que Cospedal manterá todas suas responsabilidades, apesar de os pesos pesados do PP buscarem a maneira que delegue, ou compartilhe, seu poder dentro do partido.

Em artigo publicado hoje pelo jornal "El Mundo", Mariano Rajoy afirma que apresentará sua candidatura à reeleição como presidente do PP "com tanta esperança como responsabilidade" e que conta com uma equipe "tão preparado como comprometido e (com) uma militância muito boa".

O chefe do governo adiantou que no congresso haverá "uma renovação de suas estruturas e uma atualização de seu projeto e seu ideário. É uma evolução natural que tem como único fim ser o mais útil possível aos espanhóis".

Entre os desafios da Espanha, o líder conservador cita o desafio à unidade e às leis da nação "por alguns dirigentes da Generalitat (governo autônomo) da Catalunha", assim como a consolidação do Estado do bem-estar, a educação, a igualdade real entre homens e mulheres e a ameaça terrorista.

Rajoy também contrasta a difícil situação da Espanha em 2012, ano do último congresso de seu partido, com a realidade de hoje, mas destaca que ainda falta consolidar e distribuir a recuperação econômica para que chegue a todos os espanhóis.

Segundo o programa previsto, só no sábado, dia 11, que Rajoy vai ocupar a tribuna de oradores para apresentar sua candidatura à reeleição como presidente do PP.

Após este discurso e em algum momento do fim de semana se saberá a composição da nova equipe diretora do PP.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos