Diretora de "Shrek" diz ter vergonha da eleição de Trump como presidente

Santiago do Chile, 11 fev (EFE).- A diretora norte-americana Vicky Jenson, cujo filme "Shrek" ganhou um Oscar em 2011, afirmou neste sábado, no Chile, que sente vergonha da eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

"Não estou orgulhosa do meu país. Sinto vergonha de quem votamos para que seja nosso presidente", afirmou Jenson em entrevista ao site "Emol", prevendo, no entanto, que a eleição de Trump provocará um "ambiente criativo contra a nova administração na Casa Branca".

"Alguns artistas e diretores que conheço estão inspirados em fazer algo com mensagens, com humanidade. Acredito que veremos mais filmes que inspirem às pessoas, para que elas sejam melhores, mais fortes e compassivas", disse Jenson, que está no Chile para participar do Festival Internacional de Cinema de Lebu.

"Acredito que essa é a mudança importante para ver a reação dessa nova administração e de nosso presidente alaranjado", disse a diretora, que concorrerá ao Oscar de melhor animação neste ano com "Zootopia - Essa Cidade é o Bicho".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos