Justiça decreta prisão preventiva para autor de ataque no Ano Novo na Turquia

Istambul, 11 fev (EFE).- Um tribunal turco decretou neste sábado a prisão preventiva do uzbeque Abdulkadir Masharipov, acusado de ter matado 39 pessoas em uma boate de Istambul na noite do Ano Novo.

Masharipov foi preso no último dia 16 de janeiro em Istambul. Segundo a imprensa turca, ele confessou ter sido autor do massacre e que cometeu o ataque por instruções do grupo Estado Islâmico (EI).

O terrorista esteve sob custódia policial durante os 30 dias que permitem as normas vigentes na Turquia em virtude do estado de emergência instaurado após o fracassado golpe de Estado de julho do ano passado, informou o jornal "Hürriyet".

Sob um forte esquema de segurança, Masharipov foi levado ao tribunal hoje. Ele é acusado de "assassinato premeditado de mais de uma pessoa, levar armas perigosas, ser membro de uma organização terrorista e de conspirar para destruir a ordem constitucional".

A Turquia disse que Masharipov é cidadão do Uzbequistão e que chegou ao país em janeiro de 2016 para se integrar às redes jihadistas existentes no território turco.

No dia 31 de janeiro, um outro tribunal tinha decretado a prisão preventiva de outras 9 pessoas presas após o ataque e supostamente ligadas a Masharipov.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos