Ataque de milícia xiita em Mossul mata 20 terroristas do EI

Erbil (Iraque), 12 fev (EFE).- As milícias pró-governo da Multidão Popular, lideradas por xiitas e enviadas ao oeste da cidade iraquiana de Mossul, mataram neste domingo 20 membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) em um ataque com apoio da aviação de guerra iraquiana.

O comandante da Brigada 11 da Multidão Popular, Sayad al Asadi, disse à Agência Efe que a operação militar foi realizada em duas áreas ao oeste de Mossul. A Multidão Popular enfrenta os jihadistas nas regiões do oeste da cidade, enquanto o Exército, a Polícia e outras milícias participam da ofensiva para retomar a capital regional.

O comandante da Polícia Federal, Raid Shaker Yaudat, disse à Efe que seu grupo destruiu um lança mísseis do EI no sul de Mossul. A Polícia destruiu esse armamento lançando mísseis Kornet de aviões não tripulados que sobrevoaram a região ao sul de Mossul, capital da província de Ninawa e considerada o principal reduto do EI no Iraque desde 2014.

As unidades militares estão se preparando para agir no oeste de Mossul, após ter completado em 24 de janeiro a campanha para libertar a metade leste da cidade. No entanto, fontes governamentais e militares asseguraram à Efe que no extremo nordeste da região ainda existem zonas sob o controle dos extremistas.

A ofensiva contra o EI na província de Ninawa começou em outubro do ano passado e desde então, as forças conjuntas afirmaram que cerca de 3.300 terroristas morreram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos