Guterres reforça necessidade de solução política para conflito na Síria

Riad, 12 fev (EFE).- O secretário-geral da ONU, António Guterres, defendeu neste domingo a necessidade de se chegar a uma solução política na Síria para acabar com o terrorismo no país.

"Não teremos êxito na luta contra o terrorismo na Síria sem uma solução política global", disse Gutteres em uma entrevista coletiva conjunta com o ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Abel al Yubeir.

As declarações de Guterres contradizem a postura do presidente da Síria, Bashar al Assad, que defende erradicar todos os grupos armados do país antes de iniciar qualquer processo político.

O secretário-geral da ONU também reiterou hoje que a falta de propostas políticas alimenta os jihadistas e pediu que a retórica inflamatória que relaciona o islã ao terrorismo seja combatida.

"As políticas islamofóbicas podem ser o melhor apoio à propaganda do Estado Islâmico", disse o ex-primeiro-ministro de Portugal.

Guterres, que começou na Arábia Saudita uma viagem que o levará a vários países árabes, também pediu que os grupos iraquianos cooperem para conseguir uma reconciliação no país.

Por sua vez, o chanceler saudita indicou que tratou com Guterres sobre a situação na Líbia, Síria, Iraque e o Iêmen, assim como a luta contra o terrorismo na região.

Antes de aterrissar em Riad, capital da Arábia Saudita, Guterres visitou a Turquia. Ele ainda deve viajar aos Emirados Árabes Unidos, Omã, Catar e Egito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos