Seis pessoas morrem em operação antiterrorista na Caxemira indiana

Nova Délhi, 12 fev (EFE).- Pelo menos seis pessoas, entre elas dois soldados, morreram e outras tantas ficaram feridas neste domingo em confrontos armados durante uma operação antiterrorista das tropas indianas na conflituosa Caxemira, no norte do país, informaram fontes oficiais.

As forças indianas lançaram um ataque contra a guarida de um grupo de insurgentes na área de Frisal e no "primeiro contato" com os suspeitos dois soldados morreram, informou em sua conta no Twitter o Comando Norte do Exército, que também confirmou a morte de quatro terroristas na ação.

Após receber informação sobre um grupo de insurgentes escondidos na região, as tropas rodearam a aldeia e lançaram a operação, na qual também ficaram feridos três civis e três soldados, detalhou uma fonte da Polícia em declarações divulgadas pela agência local "Ians".

"Quando os insurgentes foram desafiados, dispararam contra as forças, o que desencadeou o tiroteio", acrescentou a fonte, ao detalhar que ainda está em andamento uma missão de busca na área para localizar mais possíveis terroristas.

De acordo com vários meios de imprensa indianos, as autoridades suspeitam que os insurgentes abatidos eram membros do grupo separatista caxemiriano Hizb-ul-Mujahideen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos