Ataques do EI com drones em Mossul deixam pelo menos quatro mortos

Erbil (Iraque), 13 fev (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram nesta segunda-feira e outras nove ficaram feridas pelo ataque de dois drones do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) nos bairros libertados do leste da cidade de Mossul (norte), informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

No pior ataque, quatro civis morreram e outros cinco ficaram feridos, dois deles em estado grave, após uma bomba ser lançada sobre um mercado popular no bairro de Karach, segundo disse à Agência Efe o chefe de segurança da província de Ninawa -cuja capital é Mossul-, Mohammed al Bayati.

O segundo ataque deixou quatro civis feridos em estado grave, entre eles duas crianças, por uma bomba lançada desde um drone no bairro de Al Shurta, no norte da cidade.

Al Bayati ressaltou que os ataques do EI contra a população civil do leste de Mossul se repetem diariamente, seja com morteiros ou com explosivos lançados desde aviões não-tripulados.

Neste sentido, o chefe da segurança insistiu que este sofrimento não terminará, a menos que seja acelerada a operação para expulsar o EI da metade oeste de Mossul, cidade considerada como o principal reduto dos jihadistas no Iraque.

As forças iraquianas estão se preparando para o ataque aos bairros ao oeste do rio Tigre, que atravessa Mossul do norte a sul, após ter completado, em 24 de janeiro, a campanha para libertar a metade leste da cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos