Belarus exime de visto cidadãos de 39 países para estadias de até cinco dias

Moscou, 13 fev (EFE).- Belarus abriu suas fronteiras a cidadãos da União Europeia (UE), Estados Unidos, Brasil e Japão, entre outros países, para estadias de no máximo cinco dias.

"Pelo ponto de entrada no aeroporto nacional de Minsk já passaram cerca de cem estrangeiros, que decidiram aproveitar o regime de cinco dias sem visto", informou nesta segunda-feira o Comitê Estatal Fronteiriço (CEF) bielorrusso em comunicado.

As autoridades destacaram que nas primeiras 24 horas de funcionamento do novo regime sem vistos não foi registrado nenhum incidente.

O presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, assinou no começo do ano um decreto no qual exime de vistos os cidadãos de 39 países europeus, entre eles todos os membros da União Europeia (UE).

A isenção, que pretende promover as viagens a trabalho e a turismo, beneficia apenas os que entrarem no país pelo aeroporto internacional de Minsk, que devem dispor de passaporte e um seguro médico.

Não poderão se beneficiar nem os estrangeiros em ato de serviço (diplomatas e militares) nem aqueles que viajarem para Minsk desde a Rússia ou que tenham escala na capital bielorrussa com destino ao país vizinho.

Em resposta, a Rússia restabeleceu em fevereiro os controles fronteiriços nas suas três regiões (Smolensk, Briansk e Pskov) que fazem fronteira com Belarus, principal aliado do Kremlin.

O Serviço Federal de Segurança (FSB, antiga KGB) explicou que o objetivo é unicamente combater o narcotráfico, o contrabando e a imigração ilegal, mas Lukashenko considerou um "ataque político".

O presidente bielorrusso, considerado o último ditador do continente, normalizou nos últimos anos as relações com a UE com a libertação de presos políticos e as reformas da legislação eleitoral.

"Nosso destino é esse: servir de ponte entre leste e oeste. Enquanto nos encontrarmos entre estes dois monstros (UE e Rússia) vamos desempenhar esse papel. Assim está escrito", disse Lukashenko em setembro do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos