Bolívia e Brasil estudam cooperação em gestão de água e combate às drogas

La Paz, 13 fev (EFE).- Delegações dos governos de Brasil e Bolívia iniciaram nesta segunda-feira um encontro técnico de quatro dias em La Paz para definir várias áreas de cooperação, entre elas a luta contra o narcotráfico e a gestão de recursos hídricos.

O Ministério de Planejamento boliviano informou em comunicado que o encontro foi inaugurado pela titular da pasta, Mariana Prado; pelo embaixador do Brasil na Bolívia, Raymundo Santos, e pela coordenadora da América da Agência Brasileira de Cooperação, Maria Montalvão.

A reunião, que tem como antecedente o "Acordo Básico de Cooperação Técnica, Científica e Tecnológica" de 1996, analisará acordos com os ministérios bolivianos de Governo, Meio Ambiente e Água, Desenvolvimento Rural e Terras, Culturas e Turismo, Desenvolvimento Produtivo e Economia Plural, e a Prefeitura de La Paz.

O governo brasileiro estuda capacitar a polícia boliviana na luta contra as drogas e o tráfico de pessoas, além de apoiar o controle migratório nos aeroportos e nas fronteiras.

Na reunião também é analisada a cooperação brasileira no desenvolvimento institucional para a gestão integrada dos recursos hídricos da Bolívia.

O governo boliviano destituiu em novembro do ano passado autoridades do setor de regulação e da empresa estatal de água de La Paz ao acusar as partes de não terem tomado precauções para a seca, que causou racionamentos na cidade.

As comissões também analisam a cooperação brasileira em um registro único de produtores agropecuários, no fortalecimento de capacidades tecnológicas em armazenamento e transporte de produtos e na documentação e conservação de recursos hídricos.

Da mesmo forma, é estudado o apoio do Brasil para o Museu Nacional de Arqueologia e políticas museológicas e cooperação para o zoológico de La Paz em educação ambiental e veterinária.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos