Homem ameaça se jogar de prédio na Argentina para pedir justiça para filho

Buenos Aires, 12 fev (EFE).- Um homem ameaçou neste domingo se jogar do alto de um prédio do centro de Buenos Aires para reivindicar Justiça pelo assassinato de seu filho, em 2014, que continue impune, embora finalmente tenha mudado de opinião após a atuação de vários soldados da Polícia e bombeiros.

Marcelo Novillo subiu por andaimes e chegou no alto do prédio da antiga confeitaria El Molino, que fica nas proximidades do Congresso da Nação e está em processo de restauração.

Vários policiais e bombeiros foram ao local, onde uma multidão de curiosos presenciou o ato de desespero, e realizaram uma operação de resgate com um guindaste, de onde convenceram o homem a para a rua.

Marcelo, pai de Adrián Novillo, morto em junho de 2014, já tinha realizado ações de protesto parecidas nos últimos tempos.

Aos 16 anos, Adrián saía de um bar quando foi atacado por um grupo de pessoas, que bateram nele enquanto o roubavam.

Depois do fato, morreu após duas semanas hospitalizado.

No final de 2015, a Justiça absolveu por falta de provas o único acusado pelos fatos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos