Tóquio, Seul e Washington convocam CS por causa de míssil norte-coreano

Tóquio, 13 fev (EFE).- Os governos de Japão, Coreia do Sul e Estados Unidos pediram a realização de uma reunião em caráter urgente do Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas por causa do lançamento na véspera de um míssil de médio alcance realizado pela Coreia do Norte.

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores confirmou à Agência EFE o pedido tramitado pelo Governo japonês em coordenação com seus dois aliados para realizar o mais rápido possível uma reunião do órgão executivo da ONU.

Uma fonte diplomática disse à agência sul-coreana "Yonhap" que o governo de Seul está buscando uma "resposta" através do Conselho de Segurança para punir Pyongyang por seu último teste de armas.

O CS já aprovou no ano passado dois pacotes de sanções contra a Coreia do Norte depois que detonou duas bombas atômicas em apenas oito meses e realizou mais de 20 lançamentos de projéteis balísticos, entre eles o de um foguete especial.

Este último, realizado no dia 7 de fevereiro de 2016, é considerado pela comunidade internacional como um teste encoberto de um míssil balístico de alcance intercontinental.

O lançamento de um míssil realizado pelo regime de Pyongyang no domingo é o primeiro desde outubro do ano passado e se tornou também na primeira provocação militar do regime de Kim Jong-un desde que Donald Trump chegou à Casa Branca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos