Trump diz que comércio com Canadá é "espetacular" e que apenas o "retocará"

Washington, 13 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que o comércio com o Canadá é "espetacular" e que apenas o "retocará", em resposta a uma pergunta sobre seu objetivo de renegociar o Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta), assinado pelos dois países e pelo México.

Em contraposição ao Canadá, na fronteira sul há uma situação "muito mais grave", com um comércio com o México que durante muitos anos "não foi justo" para os EUA, segundo disse Trump em entrevista coletiva conjunta com o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau.

"Temos uma relação de comércio espetacular com o Canadá. Vamos retocá-la, faremos certas coisas que vão beneficiar nossos dois países. É uma situação muito menos grave do que a da fronteira sul, onde a transação (comercial) foi extremamente injusta", afirmou Trump.

"Vamos trabalhar com o México, vamos fazer com que seja um tratamento justo para ambas as partes. Acredito que vamos nos dar muito bem com o México", acrescentou Trump, que ressaltou que se encarregará de fazer com que "todo mundo esteja contente".

Trump foi muito crítico em relação ao Nafta, assinado há mais de 20 anos, e defendeu renegociá-lo por considerar que prejudicou os EUA enquanto beneficiava enormemente o México.

No Canadá, tanto conservadores como liberais consideram que o N foi fundamental para o bem-estar do país, ao multiplicar as relações comerciais até torná-los os dois maiores parceiros comerciais do mundo.

"Milhões de bons empregos de classe média em ambos os lados da fronteira dependem desta relação", ressaltou Trudeau durante a entrevista coletiva, na qual lembrou que o Canadá é o principal mercado para as exportações de "35 estados" americanos.

"(A possível renegociação do NAFTA) é uma verdadeira preocupação para muitos canadenses, porque sabemos que nossa economia depende muito de nossos vínculos, da nossa relação com os Estados Unidos", destacou Trudeau.

O primeiro-ministro canadense disse que as conversas sobre comércio entre Canadá e EUA "nas próximas semanas e meses" levarão em conta "que a integração das economias é extremamente positiva para ambos os países".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos