Após encontro, Abe diz que Trump "sabe escutar" e é "franco e aberto"

Tóquio, 14 fev (EFE).- O primeiro-ministro Shinzo Abe considera que o presidente americano Donald Trump é um homem "que sabe escutar", além de ser "franco e aberto", segundo reconheceu em entrevista realizada após sua viagem aos EUA, onde se reuniu em várias ocasiões com o novo inquilino da Casa Branca.

"Embora possa surpreender, o presidente Trump é uma pessoa que sabe escutar. Também é muito franco e aberto, embora esteja muito comprometido com suas promessas de campanha", disse Abe em uma entrevista à "NHK" transmitida nesta terça-feira pela emissora pública japonesa.

O chefe do Executivo japonês falou durante a entrevista sobre seus encontros durante o fim de semana com Trump, quando trataram assuntos de segurança, como a postura de Washington em relação às ilhas Senkaku, foco de conflito regional entre Tóquio e Pequim.

Abe reconheceu que durante sua visita aos EUA não se falou da contribuição econômica do Japão à manutenção das tropas americanas no país, alvo de críticas durante a campanha eleitoral do agora presidente dos Estados Unidos, que afirmou que a quantidade não era suficiente.

"O secretário de Defesa (James) Mattis visitou o Japão e disse que nosso modelo de repartição de custos é um exemplo a ser seguido por outras nações. Acredito que isso resolveu o problema", respondeu Abe.

O chefe do Executivo japonês também mencionou o último lançamento de um míssil norte-coreano, que coincidiu com sua estadia no país americano, e que os especialistas consideram um ato destinado a medir a reação do novo governo americano.

"O presidente (Barack Obama) foi muito cauteloso sobre o uso da força militar contra a Coreia do Norte, qualificando sua postura de 'paciência estratégica'. Acredito que a Administração Trump tentará revisar esta postura e buscar uma solução diplomática, pondo todas as opções sobre a mesa", opinou Abe.

O primeiro-ministro japonês também considera que o governo de Trump renovará sua postura com a China e Rússia.

"O governo de Estados Unidos está no processo de definir sua política externa com relação à China", considerou Abe -conhecedor da conversa que Trump manteve com o presidente Xi Jinping antes de sua reunião-, ao mesmo tempo que procura estreitar seu contato com a Rússia.

"O presidente Trump planeja manter um diálogo, um diálogo próximo com a Rússia", assegurou o primeiro-ministro na entrevista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos