Explosão em mina de carvão deixa 8 mortos no centro da China

Pequim, 14 fev (EFE).- Uma explosão em uma mina de carvão na província de Hunan, no centro da China, causou nesta terça-feira a morte de oito dos 29 mineiros que estavam trabalhando no momento do acidente, segundo informações divulgadas pela agência estatal de notícias "Xinhua".

A catástrofe aconteceu às 1h37 (hora local) na mina Zoubao, localizada em Lianyuan, na cidade de Loudi, e as equipes de emergência, que ainda seguem em andamento, conseguiram resgatar 17 pessoas ilesas e uma ferida, enquanto três seguem desaparecidas.

Ao longo de 2016, aconteceram 44 graves acidentes em minas de carvão.

O mais grave aconteceu no dia 3 de dezembro, em uma mina de Chifeng (na região da Mongólia Interior), que afetou 181 pessoas, das quais 32 pessoas, segundo a China Labour Bulletin, uma ONG para dos direitos dos trabalhadores chineses.

De acordo com dados desta organização, no ano passado aconteceram um total de 517 acidentes graves no local de trabalho, dos quais 459 culminaram a morte de algum trabalhador.

De fato, Pequim reforçou seus regulamentações de segurança no trabalho, em dezembro ao ano passado, para reduzir este tipo de acidentes, com medidas como a otimização dos mecanismos nacionais de supervisão e gestão no local de trabalho.

Para isso, o governo chinês propôs uma reforma das leis e regulamentações trabalhistas para conseguir reduzir os acidentes "de forma significativa" nos próximos três anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos