Farc entregarão menores guerrilheiros ao governo da Colômbia em abril

Bogotá, 14 fev (EFE).- As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) se comprometeram nesta terça-feira, em reunião com a subcomissão de paz do Congresso colombiano, entregar no próximo dia 1º de abril os menores de idade que ainda fazem parte da guerrilha, informou o presidente do Senado, Mauricio Lizcano.

"As Farcs se comprometeram com a subcomissão do Congresso a entregar os menores no dia 1º de abril, prévio ao processo de integração com a sociedade", disse Lizcano pelo Twitter.

Na reunião, participaram parlamentares de diferentes partidos, assim como o alto comissário para a Paz, Sergio Jaramillo, e vários líderes das Farc, entre eles o chefe da equipe de negociação da guerrilha, Luciano Marín Arango.

O governo da Colômbia e as Farc iniciaram em 26 de janeiro o processo de saída dos menores de idade dos acampamentos dos guerrilheiros, iniciativa que é liderada pela Secretaria Presidencial para os Direitos Humanos e conduzida pelo Conselho Nacional de Reincorporação.

Desde o ano passado, quando as Farc disseram que liberariam os menores de idade, apenas 13 crianças deixaram a guerrilha. Apesar de não haver números consolidados, o governo colombiano estima que outros 170 estão sob o comando do grupo.

Lizcano afirmou que o Congresso disse aos líderes das Farc que "gera desconfiança" o fato dos guerrilheiros não informarem quantos são os menores e quando eles sairão do grupo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos