Fillon se opõe a deputados que o pedem para desistir das eleições

Paris, 14 fev (EFE).- O candidato conservador à presidência da França, François Fillon, se opôs nesta terça-feira aos deputados do próprio partido que pedem que desista das eleições, ao argumentar que não existe uma candidatura alternativa.

"Não há solução alternativa" e a desistência provocaria "uma grande crise" na direita francesa, disse Fillon aos deputados do partido Os Republicanos reunidos em Paris, segundo relataram alguns dos presentes à imprensa local.

O deputado sarkozista Georges Fenech entregou a Fillon um documento assinado por dezenas de parlamentares, no qual pediam uma reunião do Comitê Político do partido para estudar a situação.

Estes parlamentares consideram que as revelações sobre a contratação da esposa de Fillon como sua assistente parlamentar, supostamente em um emprego fictício, complicam a campanha eleitoral.

Além disso, o candidato conservador despencou nas pesquisas, nas quais chegou a ser considerado favorito após vencer as primárias de dezembro passado. Agora, aparece fora do segundo turno.

Apesar de tudo isso, Fillon se mostrou firme na intenção de prosseguir a campanha. Uma desistência provocaria, segundo ele, a eliminação da direita da corrida presidencial porque não há solução alternativa.

O candidato afirmou estar sofrendo "um assédio da imprensa e da justiça", e pediu que não seja acrescentado também "um assédio parlamentar".

"Preciso que vocês me ajudem. Vocês têm que decidir entre me ajudar ou complicar a minha tarefa", disse Fillon.

Após garantir que tomou a decisão de continuar com a campanha e que não mudará de ideia, anunciou que se reunirá com o ex-presidente Nicolas Sarkozy na quarta-feira.

Fillon está sendo investigado pelo suposto emprego fictício de sua esposa e de dois de seus filhos como assistentes parlamentares seus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos