Operação na Caxemira indiana deixa pelo menos quatro mortos e seis feridos

Srinagar (Índia), 14 fev (EFE).- Pelo menos três soldados e um suposto insurgente morreram e outras seis pessoas ficaram feridas nesta terça-feira em enfrentamentos ocorridos durante uma operação antiterrorista na Caxemira indiana, no segundo incidente deste tipo em 48 horas, informaram à Agência Efe fontes oficiais.

Após receber informação sobre a presença de um grupo de insurgentes no distrito de Bandipora (norte), as tropas indianas isolaram a área e lançaram uma operação na qual morreram três soldados e outros cinco ficaram feridos, disse o porta-voz do Exército na Caxemira, coronel Rajesh Kalia.

"Os insurgentes que estavam escondidos abriram fogo repentinamente contra uma equipe de busca enquanto estes se concentravam em uma área residencial", explicou um superintendente do centro de controle policial local que pediu anonimato.

A fonte confirmou que um dos supostos insurgentes morreu no enfrentamento e detalhou que oito soldados ficaram inicialmente feridos, mas três deles morreram por causa dos ferimentos após serem levados a um hospital da zona.

Segundo o alto comando policial, além dos cinco soldados, também um civil ficou ferido nos confrontos armados.

Este é o segundo enfrentamento deste tipo ocorrido na região desde domingo, quando aconteceu uma operação antiterrorista na área de Frisal com oito mortos, entre eles dois soldados e dois civis.

O porta-voz militar afirmou que ambas eram operações rotineiras e negou que tenham sido intensificados os esforços antiterroristas na zona.

Os enfrentamentos e ataques armados contra as tropas indianas são relativamente frequentes na região nortista, que a Índia disputa com o Paquistão desde a partilha do subcontinente no fim da época colonial britânica em 1947 e pela qual ambos livraram duas guerras.

Nova Délhi acusa o país vizinho de patrocinar o terrorismo na Caxemira para dar fole ao movimento independentista na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos