EI volta a sabotar fornecimento de água em Aleppo

Cairo, 15 fev (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) voltou a sabotar nesta quarta-feira o fornecimento de água à cidade síria de Aleppo (norte), que ficou interrompido um dia após entrar em funcionamento por uma reparação, informaram fontes oficiais.

O bombeamento de água foi cortado totalmente 20 horas depois que voltou a entrar em funcionamento, segundo anunciou o governador da província de Aleppo, Hussein Diab, em entrevista à agência oficial "Sana".

O governador atribuiu a sabotagem ao grupo jihadista, que tem presença na província de Aleppo e que atualmente enfrenta as forças governamentais e os rebeldes em diferentes frentes na cidade de Al Bab, seu principal reduto em dita região.

A estação de bombeamento de Al Jafsa, que abastece Aleppo com água, entrou em funcionamento na terça-feira, dois dias depois que os técnicos concluíram sua reparação após os danos causados no final de dezembro pelo EI.

Devido a essa sabotagem, ocorrida poucos dias depois que as forças governamentais tomaram o controle completo de Aleppo, a cidade permaneceu durante um mês e meio sem água.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos