Papa pede que participação plena de indígenas seja fomentada pelos governos

Cidade do Vaticano, 15 fev (EFE).- O papa Francisco afirmou nesta quarta-feira que os governos devem incentivar a plena participação das comunidades indígenas e proteger suas culturas, ao receber representantes do Fórum dos Povos Indígenas convocado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU).

"Os indígenas devem ser valorizados e consultados e ter plena participação, local e nacionalmente", afirmou.

Francisco explicou que nestes dias de reunião do Fórum, que comemora 40 anos de fundação em 2017, foi debatido principalmente "de que maneira se pode favorecer uma maior responsabilidade dos povos autóctones na economia". Sobre este debate, o pontífice considerou que "o principal desafio é conciliar o direito ao desenvolvimento com a tutela dos povos e territórios indígenas".

De acordo com o pontífice, esse problema se torna mais evidente quando "se tenta estruturar atividades econômicas que podem interferir com as culturas indígenas e sua relação ancestral com a terra". Diante disso, Francisco solicitou sempre prevalecer "o direito ao consentimento prévio e informado, segundo determina o artigo 32 da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas".

"Só assim é possível garantir uma cooperação pacífica entre as autoridades governamentais e os povos indígenas, que supere contradições e conflitos", enfatizou.

O papa pediu então à criação de diretrizes e projetos que levem em conta a identidade indígena e que deem especial atenção aos jovens e as mulheres, destacando que é preciso fazer a "inclusão, e não apenas a consideração" deles.

Francisco, que em suas viagens pela América Latina deu particular atenção aos problemas dos indígenas, concluiu seu discurso pedindo que Deus abençoe todas as comunidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos