Bombardeios na fronteira entre Síria e Jordânia deixam pelo menos sete mortos

Cairo, 19 fev (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram neste domingo, entre elas três mulheres e dois menores, em um bombardeio da aviação de guerra perto da passagem fronteiriça de Nasib entre Síria e Jordânia, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG precisou que aviões de guerra não-identificados lançaram um ataque no sul da província meridional de Deraa. Não há informações sobre o número de feridos

Por outro lado, na cidade síria de Deraa, um enfermeiro e outro homem perderam a vida nos intensos bombardeios realizados pelas forças do regime sírio, que lançaram bombas e mísseis, segundo o Observatório.

A ONG afirmou que no bairro de Al Mashiya da mesma cidade, forças do regime e da organização de Libertação do Levante (aliança formada em torno da ex-filial síria da Al Qaeda) estão se enfrentando, já que as facções islamitas tentam avançar para controlar mais território.

Nesse bairro, houve outros combates das facções islamitas e a Frente da Conquista do Levante (ex-filial da Al Qaeda) contra o regime sírio, nos quais pelo menos um efetivo governamental morreu.

Por outro lado, faleceram uma mulher e sua filha e sete pessoas ficaram feridas em seis bombardeios realizados por aviões de guerra não identificados na cidade de Duma, em Ghouta Oriental, nos arredores de Damasco, especificou o Observatório.

A Síria sofre há mais de cinco anos um conflito que deixou mais de 300 mil mortos, de acordo com os dados do Observatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos