Após anúncio de operação policial, 11 corpos aparecem em Veracruz, no México

Veracruz (México), 1 mar (EFE).- Os corpos de 11 pessoas foram achados na madrugada desta quarta-feira na turística Boca del Río, no estado de Veracruz, no leste do México, depois que o governo anunciou uma operação contra o crime organizado na região, informaram as autoridades.

De acordo com a Polícia, junto aos corpos, com sinais de tortura, havia a mensagem: "Guerra querem, guerra terão".

Os corpos das 11 pessoas - nove homens e duas mulheres - foram achados horas depois de as autoridades federais e estatais anunciarem que uma operação especial contra o crime organizado aconteceria em nove municípios da região para encontrar "alvos" plenamente localizados. O município onde os corpos foram encontrados é reduto do governador de Veracruz, Miguel Ángel Yunes, do conservador Partido Ação Nacional (PAN), e a Prefeitura é governada por seu filho, Miguel Ángel Yunes Márquez.

Todos os corpos estavam dentro de uma caminhonete deixada perto de uma escola federal. Os moradores notaram a movimentação e chamaram a Polícia.

O secretário de Governo do México, Miguel Ángel Osorio Chong, informou que membros da Polícia e do Exército realizarão a operação especial em nove municípios onde quase 500 mil pessoas moram.

Sobre Veracruz, um dos estados mais violentos do país, ele anunciou a operação nos municípios de Ciudad Mendoza, Nogales, Río Blanco, Fortín, Córdoba, Amatlán, Cuitlahuac, Yanga e Omelaca.

"Temos claros os alvos, quem são, e iremos atrás deles, por tudo o que representam com seus integrantes", sustentou Chong.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos