Exército sírio entra em Palmira, controlada pelo EI

Cairo, 1 mar (EFE).- O Exército e as milícias leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, entraram na monumental cidade de Palmira, controlada pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) desde dezembro do ano passado, informou à Agência Efe o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos, Rami Abdel-Rahman.

Conforme detalhou, os soldados controlam os arredores da parte oeste da cidade, e irromperam no bairro de Al Mutaqaedin. Segundo Abdel-Rahman, as forças sírias estão avançando a partir do noroeste de Palmira.

A agência de notícias oficial síria, "Sana", garantiu que as tropas governamentais controlam todos os montes localizados no oeste da cidade.

Há várias semanas, as forças sírias, apoiadas por unidades russas, avançam e recuperaram o que o EI conquistou em dezembro do ano passado. O grupo terrorista dinamitou em fevereiro a frente do teatro romano e o Tetrápilo, em Palmira.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) considerou que os danos que o EI cometeu contra este patrimônio da Humanidade como "crime de guerra" e solicitou à comunidade internacional defender os bens culturais das agressões do grupo extremista.

A primeira vez que os jihadistas invadiram Palmira foi maio de 2015. Eles foram expulsos dez meses depois pelos soldados sírios, mas retornaram oito meses depois.

Nos séculos I e II d.C., Palmira foi um dos centros culturais mais importantes da época e ponto de encontro das caravanas na Rota da Seda, que atravessavam o deserto da Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos