Trump constrói heliporto na "Casa Branca de inverno" da Flórida

Miami, 1 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que é esperado neste final de semana na Flórida, começou a construir um heliporto em Mar-a-Lago, sua residência em Palm Beach, informaram nesta quarta-feira meios de comunicação locais.

"A obras estão em andamento. Duvido muito que esteja pronto para este fim de semana", disse a prefeita de Palm Beach, Gail Coniglio, em declarações recolhidas pelo meio digital "Palm Beach Daily News", que publica fotografias dos trabalhos.

Quando o heliporto estiver em operação, Trump poderá se deslocar de helicóptero desde o Aeroporto Internacional de West Palm Beach, ao invés de ter que usar um automóvel como até agora, o que obriga a interromper ruas e desviar o trânsito local.

O heliporto, uma plataforma de cimento reforçada com aço de 8 polegadas (20,32 centímetros) de largura e 50 pés (15'25 metros) de comprimento, tem 300 pés (91,5 metros) de distância das edificações de Mar-a-Lago, segundo o arquiteto Rick González, autor do projeto.

Mar-a-Lago, uma propriedade em primeira linha litorânea adquirida por Trump em 1985, abriga, além de sua residência, um clube privado em edificações dos finais dos anos 20.

O organismo de preservação do patrimônio dos Estados Unidos e a Prefeitura de Palm Beach autorizaram no mês passado a construção do heliporto apesar das queixas de alguns vizinhos pelo barulho gerado pelos helicópteros.

As visitas de Trump a Mar-a-Lago estão suscitando também queixas de um aeroporto próximo a Palm Beach, que deve fechar suas instalações quando o presidente está em Mar-a-Lago devido às restrições ao tráfico aéreo que foram implementadas, e dos responsáveis das finanças da cidade pelo custo que tem o necessário aumento da segurança.

Após ter passado três finais de semana seguidos em Mar-a-Lago, Trump não viajou ao sul da Flórida no fim de semana passado, mas voltará no próximo para sua "Casa Branca de inverno", como ele a chama.

Na terça-feira, Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, confirmou o que já se sabia pelos anúncios de restrições aéreas na zona de Palm Beach por parte da organização encarregada de aviação civil.

Na sexta-feira, o presidente estará em Orlando (centro da Flórida) para uma reunião sobre a liberdade para escolher escola e a reforma educativa que seu governo propunha, que acontecerá em um colégio católico dessa cidade.

Nesse mesmo dia viajará para Palm Beach.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos