Líder opositor acusa Medvedev de ser um dos maiores corruptos da Rússia

Moscou, 2 mar (EFE).- O líder opositor russo Alexei Navalny acusou o primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, de ser um dos maiores corruptos do país, em um vídeo publicado nesta quinta-feira no YouTube, após uma investigação de vários meses.

"Baseados na documentação divulgada, afirmamos que foram transferidos pelo menos 70 bilhões de rublos (cerca de R$ 3,7 bilhões) em dinheiro e bens a fundações de Medvedev", afirmou Navalny, que dirige a Fundação de Luta Contra a Corrupção.

No vídeo, de 59 minutos, com cerca de 130 mil visualizações em poucas horas, o primeiro-ministro é acusado de acumular um império com ativos, tanto dentro como fora do país, através de fundações beneficentes dirigidas por parentes e pessoas de sua mais absoluta confiança.

Navalny explicou que estas fundações recebem "doações" de oligarcas e empresas, que são usadas na compra de bens - palacetes, residências, vinhedos, iates - para Medvedev, que não aparece na documentação como proprietário.

"O primeiro-ministro e suas pessoas de confiança criaram um esquema criminoso, não com empresas registradas em paraísos fiscais, como é usual, mas com fundações sem fins lucrativos, o que torna praticamente impossível determinar o proprietário dos ativos", ressaltou.

O opositor destacou que somente graças ao rastreio de uma compra pela internet foi possível estabelecer a conexão entre Medvedev e as fundações beneficentes.

Navalny, de 40 anos, advogado de profissão, anunciou sua intenção de se candidatar nas eleições presidenciais de 2018.

Em fevereiro, o político, um blogueiro que se tornou conhecido por suas denúncias contra a corrupção, foi condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa por "apropriação indevida", o que o proíbe de ser candidato.

Segundo Navalny, sua condenação é uma represália por suas denúncias de corrupção nas mais altas esferas da administração pública e também um recurso para eliminá-lo da luta eleitoral.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos