Ministro colombiano diz que deserção entre membros das Farc está abaixo de 2%

Bogotá, 2 mar (EFE).- O ministro do Interior da Colômbia, Juan Fernando Cristo, afirmou nesta quinta-feira que a deserção entre os membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) está abaixo de 2% e reiterou que os guerrilheiros estão cumprindo o cronograma estabelecido para a entrega de armas.

"Antes do dia 31 de maio estará terminado o processo de entrega de armas que foi iniciado ontem com o registro. É um fato histórico que muitos que não apoiavam uma paz negociada garantiam que era impossível. Também se mostrou falso que a deserção seria em massa. Ela não chega a 2%", afirmou o ministro.

As Farc e a missão da ONU na Colômbia começaram ontem o processo de registro e identificação das armas dos guerrilheiros, primeiro passo do processo de desarmamento que seguirá nos próximos meses.

O ministro garantiu que a implementação do acordo de paz assinado em 24 de novembro entre o governo e as Farc avança. Segundo ele, cinco reformas constitucionais serão aprovadas no primeiro semestre.

Fernando Cristo reiterou que o acordo de paz é "irreversível" e que o presidente do país, Juan Manuel Santos, deixará alicerces firmes para que governos futuros não voltem atrás.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos