Soldados americanos realizam operação contra Al Qaeda no Iêmen

Sana, 2 mar (EFE).- Uma unidade de soldados dos Estados Unidos atacou nesta quinta-feira combatentes da Al Qaeda no Iêmen e aviões americanos realizaram pelo menos 20 bombardeios contra posições do grupo terrorista em três províncias do país, informaram testemunhas à Agência Efe.

Os militares saltaram de paraquedas na província de Abyan, no sul do país, onde enfrentaram os jihadistas, segundo as fontes, que não tinham informação, até o momento, sobre o número de vítimas.

Esta é a segunda operação terrestre realizada pelos Estados Unidos no Iêmen desde que Donald Trump assumiu a presidência, após outro ataque realizado em janeiro quando um soldado americano morreu, além de 14 integrantes da Al Qaeda, segundo números divulgadas após a operação.

Os bombardeios de hoje aconteceram nas províncias de Shebua, Abyan e em Al Bayda, segundo as testemunhas.

Os Estados Unidos apoiam à coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita. A coalizão apoia militarmente às forças leais ao presidente, Abdo Rabbo Mansour Hadi, que está no exílio.

O conflito começou em 2014 quando os rebeldes houthis, xiitas que têm o apoio do Irã, tomaram a capital e grandes partes do território do país. Tanto a Al Qaeda quanto o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) aproveitaram a deterioração da segurança para se expandir por zonas do sul do Iêmen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos