Sudão tem primeiro-ministro pela primeira vez desde 1989

Cartum, 2 mar (EFE).- O vice-presidente do Sudão, o general Bakri Hassan Saleh, assumiu nesta quinta-feira o posto de primeiro-ministro, um cargo criado por uma emenda recente da Constituição e que ninguém tinha ocupado desde 1989.

Saleh foi designado pelo presidente do Sudão, Hassan al-Bashir, na noite da quarta-feira e foi referendado hoje em seu novo cargo pela cúpula do partido governante Congresso Nacional, informou a agência sudanesa de notícias "Sunna".

Após jurar seu cargo, Saleh deve iniciar hoje mesmo as negociações para formar um novo conselho de ministros, segundo a mesma fonte.

Em dezembro, o parlamento sudanês ratificou emendas constitucionais que, entre outras medidas, criaram o cargo de primeiro-ministro no marco de reformas estipuladas com a oposição.

No entanto, Bashir preservou a maior parte da autoridade executiva e se reservou ao direito de designar o primeiro-ministro.

Esta é a primeira vez que o país tem um primeiro-ministro desde a chegada ao poder de al-Bashir, em 1989, após um golpe de Estado apoiado pelo Exército e islamitas.

Saleh é o último dos oficiais que participaram do golpe que continua ao lado de Bashir.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos