Bombardeios da coalizão árabe matam pelo menos 6 pessoas no Iêmen

Sana, 3 mar (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram e outras 16 ficaram feridas nesta sexta-feira por ataques aéreos supostamente realizados pela coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita nas províncias de Hesha e Saada, no nordeste do Iêmen, informou a agência "Saba", controlada pelos rebeldes houthis.

A fonte detalhou que a coalizão efetuou seus ataques aéreos contra áreas na cidade de Saada, bastião dos rebeldes, assim como contra uma casa na província de Hesha.

Hoje mesmo, pelo menos quatro membros das tribos leais ao presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi morreram em um ataque efetuado por homens armados contra um posto de controle na província de Hadramaut, no sudeste do Iêmen, afirmaram à Agência Efe fontes de segurança.

A guerra explodiu em 2014 e se intensificou em 2015 com a intervenção da coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita, que apoia o presidente Hadi, ao qual se opõem os rebeldes - apoiados pelo Irã - , que controlam a capital e vários dos maiores centros populacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos