Deputados ultranacionalistas vaiam Mogherini no parlamento da Sérvia

(Corrige lead).

Belgrado, 3 mar (EFE).- A chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, foi vaiada nesta sexta-feira enquanto discursava no parlamento sérvio por deputados ultranacionalistas, que cantaram palavras de ordem contra Bruxelas e a favor da Rússia.

Após saudar os deputados em sérvio, Mogherini falou sobre o processo de integração europeia e se disse convencida de que a Sérvia será algum dia membro do bloco comunitário.

Durante todo o seu discurso, os deputados do Partido Radical Sérvio (SRS), a terceira força parlamentar, vaiaram Mogherini e bateram em suas mesas.

Em um vídeo divulgado no YouTube é possível escutar o líder do partido, Vojislav Seselj, fazendo comentários como "agora trazem macacos a este parlamento" e "não queremos inimigos do povo sérvio", justamente quando foi anunciada a entrada da diplomata na sala.

Os deputados do partido nacionalista "Dveri", por sua vez, exibiram durante o discurso de Mogherini cartazes com o lema "Sérvios, não acreditem em Bruxelas".

Na sessão parlamentar também estava presente o primeiro-ministro da Sérvia, Aleksandar Vucic.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos