Oposição síria afirma que diálogo de paz foi "mais positivo" que anteriores

Genebra, 3 mar (EFE).- A oposição síria afirmou nesta sexta-feira que a rodada de negociações de paz com o regime de Damasco realizada durante uma semana em Genebra, e apoiada pela ONU, se encerra "sem resultados claros", mas desta vez com um sabor "mais positivo" que em ocasiões anteriores.

"Apesar de estarmos finalizando esta rodada sem resultados claros, nesta ocasião foi mais positiva. Pela primeira vez discutimos com profundidade o futuro da Síria, o futuro de uma transição política", afirmou em entrevista coletiva o chefe de delegação da Comissão Suprema das Negociações (CSN), Nasser Hariri.

"Estamos dispostos e preparados para continuar negociando a fim de que possamos retornar à Síria com uma solução" para a totalidade de sírios e com um acordo completo, acrescentou.

Hariri disse que a oposição finalizou suas conversas com o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, igual como começaram, abordando a aplicação do Comunicado de Genebra e as resoluções 2118 e 2254 do Conselho de Segurança da ONU, com o objetivo de conseguir uma transição política que se ajuste aos interesses e cumpra as aspirações dos sírios.

O comunicado, aprovado pelas potências em junho de 2012 nessa cidade suíça, estipula a criação de um órgão executivo interino na Síria que inclua membros do regime e da oposição que não tenham as mãos manchadas de sangue.

As negociações se baseiam, no entanto, na resolução 2254, que prevê a criação de um governo crível, inclusivo e não sectário, um calendário para a elaboração de uma nova Constituição e eleições livres e justas.

O plano de De Mistura consiste em abordar estas três questões, enquanto o regime quer incluir um quarto ponto, o da luta contra o terrorismo.

Para a CSN, pelo contrário, o tema mais importante é a transição política, mas Hariri hoje não quis esclarecer se sua delegação aceitará incluir o terrorismo na agenda.

"No período que haverá entre agora e a próxima rodada continuarão os contatos com De Mistura para elaborar melhor o desenho do processo de negociação. O ponto mais importante é a transição política, que é uma prioridade para preparar o ambiente político para abordar todo o demais", ressaltou Hariri.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos