Egito reabre passagem fronteiriça de Rafah com Gaza durante 3 dias

Gaza, 6 mar (EFE).- A passagem fronteiriça de Rafah, entre a Faixa de Gaza e o Egito, abrirá a partir desta segunda-feira e durante três dias para permitir o trânsito de viajantes em ambas direções, após autorização das autoridades do Cairo.

O Ministério do Interior do movimento islamita Hamas, que controla Gaza, informou que durante este tempo se espera o cruzamento de centenas de estudantes, pacientes e residentes com dupla nacionalidade.

Israel mantém um bloqueio por terra, mar e ar sobre o enclave litorâneo desde a chegada ao poder do Hamas, em 2007, e controla a entrada e saída de pessoas e bens, razão pela qual a fronteira com o Egito é a única conexão com o mundo exterior que não passa por esse país para os mais de dois milhões de habitantes de Gaza.

Desde o golpe de Estado de 2013, que derrubou o então presidente egípcio, o islamita Mohammed Mursi, o Egito também mantém fechada a fronteira com a Faixa e abre a passagem de forma muito ocasional, o que agravou o impacto do bloqueio israelense.

A última vez que se abriu a passagem de Rafah foi no último dia 18 de fevereiro e apenas de forma parcial, em uma direção, para permitir o retorno a Gaza dos palestinos que estavam do outro lado da fronteira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos