Nigéria recomenda a seus cidadãos não viajar aos Estados Unidos

Abuja, 6 mar (EFE).- O governo da Nigéria aconselhou seus cidadãos a evitarem viajar aos Estados Unidos até que a Administração de Donald Trump esclareça sua política migratória, depois que vários nigerianos com visto tiveram a entrada negada no país.

"Nas últimas semanas, recebemos informações de alguns nigerianos com vistos válidos de múltiplas entradas que tiveram negada a entrada e foram enviados de volta à Nigéria. As autoridades de imigração dos Estados Unidos não ofereceram qualquer razão para tomar esta decisão", indicou a conselheira presidencial de Relações Exteriores, Abike Dabiri-Erewa, em comunicado, acrescentando que a recomendação exclui os que precisam ir de urgência a esse país por motivos de força maior.

Até o momento, o governo da Nigéria não recebeu quaisquer informações da Administração americana sobre um possível veto à entrada de seus cidadãos. A Nigéria, que conta com uma população de mais de 90 milhões de muçulmanos e sofre com o terrorismo jihadista do Boko Haram, também não está na lista de países de maioria muçulmana a cujos cidadãos viram fechar as fronteiras Trump com o decreto assinado em janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos