Trump deve assinar hoje sua nova ordem migratória

Washington, 6 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve assinar nesta segunda-feira a versão revisada de seu polêmico veto migratório a refugiados e cidadãos de países de maioria muçulmana, segundo antecipou a Casa Branca.

A conselheira presidencial Kellyanne Conway detalhou à emissora conservadora "Fox" que, frente ao primeiro veto, emitido em 27 de janeiro e bloqueado por uma decisão judicial, a nova ordem deixará fora os cidadãos do Iraque e de países afetados que possuam residência permanente nos Estados Unidos ou já estejam em posse de um visto.

Após vários adiamentos, Conway disse que Trump prevê assinar essa nova ordem hoje e que sua data de entrada em vigor será 16 de março.

"O Iraque já não está na lista", comentou Conway, em coincidência com o anunciado hoje pelo Ministerio das Relações Exteriores desse país.

A assessora de Trump afirmou, além disso, que na nova ordem há "seis ou sete grandes pontos" que "esclarecem" quem será afetado e que os refugiados sírios "são tratados da mesma maneira que todos os refugiados".

Com seu primeiro veto migratório, Trump proibiu a entrada no país dos cidadãos de sete países de maioria muçulmana (Iraque, Irã, Somália, Iêmen, Líbia, Síria e Sudão) durante 90 dias, e suspendia o programa de acolhimento de refugiados durante 120 dias, enquanto no caso dos refugiados sírios, essa suspensão era indefinida.

Após uma semana de caos e confusão durante a qual o governo já tinha introduzido algumas modifacações, um juiz federal suspendeu o veto de forma temporária para estudar sua constitucionalidade, uma decisão que depois foi mantida por um tribunal de apelações ao qual Trump tinha recorrido.

A resposta do governo Trump foi preparar uma nova ordem com a qual esperam evitar problemas judiciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos